Pesquisar este blog

O Maravilhoso, Fascinante e Fantástico Mundo do Egoshi

Seja Bem-Vindo! Seja Bem-Vinda!



sexta-feira, 1 de maio de 2009

Jornada nas Estrelas





CYBERSPACE, A FRONTEIRA FINAL


O espaço, a fronteira final... estas são as viagens da nave estelar Enterprise, em sua missão de cinco anos, para explorar novos mundos, para pesquisar novas vidas, novas civilizações... audaciosamente indo aonde nenhum homem jamais esteve!

Foi assim que pela primeira vez estrelou o filme Jornada nas Estrelas (Star Trek no original norte-americano), no longínquo ano de 1968 no Brasil e 1966 nos Estados Unidos. Aficionados em ficção-científica como eu, ficavam vislumbrados com o trailer inicial, que apresentava o vôo da espaçonave NCC-1701 e uma trilha sonora acompanhada de uma voz no espaço sideral, que declamava esse intróito. Esse intróito, anunciava um novo mundo: uma Terra em Paz e uma Humanidade Feliz, porque enfim os povos inteligentemente se entenderam e deixaram sua hipocrisia, estupidez e ignorância de lado, para conviverem com a máxima tolerância uns aos outros. Uma época em que os humanos descobriram e conheceram extraterrestres. Enfim, terráqueos e extraterrestres harmoniosamente irmanados entre si, pregavam paz e o bem-viver, explorando novos mundos, pesquisando novas civilizações, audaciosamente indo onde nenhum homem jamais esteve. Mas como só o Bem existindo não tem graça nenhuma, os trekkers ao longo de sua jornada se sujeitam a uma série de problemas e aventuras emocionantes, até baterem de frente com os temíveis klingons que detonam tudo que vêem pela frente que não seja do interesse deles.

Hoje a Terra ainda continua na Paz e na Guerra porque a Humanidade ainda vive na hipocrisia, estupidez e ignorância. Quem sabe até o Século 23 dos trekkers, como imaginou seu criador Gene Roddenberry (1921-1991), as guerras aqui na Terra sejam apenas páginas dos livros de história.

Entretanto, chegamos a um novo mundo, onde nenhum homem jamais esteve!

Navegamos hoje pelo mundo virtual em rede, que coincidência ou não, começou a ser idealizada praticamente na mesma época em que Jornada nas Estrelas dava os seus primeiros passos. Um Mundo Virtual chamado Cyberspace ou Internet, paralelo ao Mundo Real que o construiu.

Um Mundo Virtual fruto do casamento do computador com a telecomunicação. Um Mundo Virtual que tende a realizar o velho sonho de Roddenberry e de todos nós: um mundo melhor, por qual lutamos incessantemente. Por que tende para melhor?

Porque se de um lado, permite cada vez mais em grande escala a comunicação, o compartilhamento e a produção em rede, de outro lado exige cada vez mais o entendimento e a compreensão entre os povos, para que estes justamente consigam usufruir os benefícios do Cyberspace.

Mas não podemos deixar de considerar que esse mundo virtual, além de ser paralelo, é uma réplica do mundo real, isto é: tem o lado bom e o lado mau, conforme a humanidade ainda discrimina entre coisas do Bem e do Mal. Da mesma forma que os trekkers deparam com os klingons, o mundo virtual é dos hackers e crackers, que fazem da Internet um Cyberspace repleto de emocionantes aventuras, tanto para aqueles que simplesmente assistem de fora, como àqueles internautas que adentram e navegam nele. É realmente fantástico, fascinante e maravilhoso esse mundo virtual paralelo. Mais esplendoroso ainda é vislumbrar os dois mundos, real e virtual, cada qual influenciando um ao outro sistemicamente. Como também não podemos omitir seu lado mais escuro e cinzento: o mundo real é cada vez mais dependente do mundo virtual e este, cada vez mais, virtualiza o mundo real. E esse processo é irreversível - cada vez mais estamos adentrando em Matrix (saiba mais sobre Matrix, no meu Portal de Ciência da Administração e Tecnologias da Informação - http://www.cienciadaadministracao.com.br/). Não tem como parar, nem voltar ao que era, tem-se somente uma única alternativa: ir em frente, rumo ao mais progresso porque ninguém quer ficar para trás.

Só nos resta então, efetivamente administrar tanto o mundo real quanto o mundo virtual, para realizarmos o Nosso Sonho de Jornada nas Estrelas. Este é o convite que faço para você: adentrar ao nosso mundo repleto de emocionantes aventuras! Porque o Sonho dos Anos 60, ainda não acabou! Quem me confirma essa assertiva, é a Nova Geração Star Trek do Brasil, que nos informa que o Sonho de Jornada nas Estrelas continua no Second Life. Confira na Trek Brasilis - http://www.trekbrasilis.org/! A propósito, Second Life (http://www.secondlife.com/) é o Mundo Virtual em 3D, dentro do Mundo Virtual Internet, onde você tem a chance de viver uma segunda vida, aquela maravilhosa, fascinante e fantástica vida, que você jamais sonhou que fosse possível vivê-la! Pois viva-a em toda a sua plenitude, curtindo as românticas músicas dos Anos 60, que os trekkers curtiam em suas horas de folga, a bordo da Enterprise - clique nas imagens da coluna à esquerda, em Curta vídeos do Egoshi (ah, aqui também tem a Banda Calypso do Século 21, porque Joelminha, Chimbinha e Cia me fazem lembrar os bons tempos das baladas românticas, com estridentes guitarras Fender Stratocaster da Jovem Guarda do Século 20!).

Star Trek again!

Já faz um tempão que viajo na nave Enterprise NCC-1701, pelo universo afora!

Emociono-me todo com essa minha Jornada nas Estrelas, em companhia de James Tiberius Kirk / William Shatner (1931), Mister Spock / Leonard Nimoy (1931), Leonard McCoy / DeForest Kelley (1920-1999), Niyota Uhura / Nichelle Nichols (1933), Hikaru Sulu / George Takei (1937, Pavel Chekov / Walter Koenig (1936) e outros tantos trekkers.

Mas quem realmente eu mais gamava na série televisiva era mesmo a loiraça sensual, sexy e belíssima ordenança Janice Rand / Grace Lee Whitney (1930)! Passaram-se muitos anos, mas jamais esqueci aquele rosto doce e meigo, que mexeu muito fortemente com o meu coração de moleque! E eu sonhava que era o Kirk namorando Janice! Pode deixar, que ainda farei uma homenagem em meu blog a essa musa, que até hoje me faz sentir como se ainda vivesse aquela fascinante época.

Pois é, meus Irmãos Trekkers, convido-os a adentrar again à nave Enterprise NCC-1701. Para continuar sonhando.

Quarenta e tralalás de anos depois, Star Trek again: assista o trailer do Jornada nas Estrelas 11, que acabou de estrear no dia 8 de maio de 2009, com record de bilheteria!




video